percursos de malhoa

Em Abril, o Museu de José Malhoa irá desenvolver o projecto “Percursos de Malhoa”, de parceria com a Liga Portuguesa Contra o Cancro, baseado em visitas a locais da vivência artística e pessoal do pintor José Malhoa – Caldas da Rainha, Lisboa e Figueiró dos Vinhos.

Visa contribuir para uma compreensão mais global da pintura de Malhoa, convidando à reflexão sobre a importância destes espaços na sua obra e à descoberta do que ainda hoje permanece como vestígio da sua presença e da sua memória.
“Percursos de Malhoa” retoma o projecto desenvolvido em 2003 com a UITI – Universidade Internacional da Terceira Idade (Lisboa), agora direccionando para o público adulto, em inscrição individual, como iniciativa inserida no evento “Um Dia pela Vida”, promovido pela Liga Portuguesa contra o Cancro, entre Março e Junho de 2007, nas Caldas da Rainha. Dinamizado pelo Museu, a logística é assegurada pela equipa “As Camaroeiras” da Liga, a favor da qual reverte o valor das inscrições.
O percurso inicia-se no dia 3 de Abril, nas Caldas da Rainha, pela visita à rua onde Malhoa nasceu, em 1855, passando pelo Largo Dr. José Barbosa, onde foi erguido um monumento em sua homenagem, em 1928. Segue-se a visita ao Núcleo Provisório do Museu de José Malhoa, onde se conserva e expõe ao público um conjunto considerável das obras do Pintor.

No dia 10 de Abril, o percurso continua com a visita à Casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves, em Lisboa. Da autoria do arquitecto Norte Júnior, Prémio Valmor de 1905, o Lar-Oficina Pró-Arte era o espaço de habitação de Malhoa na capital. Mas aqui ficava também o atelier, onde o pintor se refugiava nos dias de Outono e de Inverno. Actualmente, o Museu assume o nome do médico e coleccionador de arte que adquiriu mais tarde o palacete – Dr. Anastácio Gonçalves, que Malhoa também retratou -, mas o edifício ainda reflecte a presença do pintor que o mandou construir e a sua colecção insere-se no mesmo período artístico.

O terceiro ponto de paragem será Figueiró dos Vinhos, localidade ao Norte da Estremadura, onde Malhoa passava a Primavera e os dias quentes de Verão e encontrava o ambiente para pintar ao “ar livre” e apontar directamente os motivos, as paisagens e as gentes das suas telas. Malhoa eternizou a região na sua obra e aí ainda hoje é viva a sua memória: na moradia que outrora lhe pertenceu e mandou construir – o “Casulo”; no retábulo “Baptismo de Cristo”, que ofereceu para a Igreja Matriz; no Clube Figueiroense, do qual foi colaborador, ou no retábulo “Nossa Senhora da Consolação” para a igreja de Chão de Couce,… Para perpetuar a relação do artista com a vila de Figueiró, foi erguido um busto em sua homenagem, da autoria do escultor caldense António Duarte.

Calendarização:

3 de Abril – Caldas da Rainha (concentração no Largo Dr. José Barbosa, pelas 14.30h)

10 de Abril – Casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves, Lisboa (concentração na Praça 25 de Abril (Borlão), pelas 13.00h)

24 de Abril – Figueiró dos Vinhos e Chão de Couce (concentração na Praça 25 de Abril (Borlão), pelas 08.30h).
Inscrição:

Sessão nas Caldas da Rainha – 5 euros

Sessão na Casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves – 10 euros

Sessão em Figueiró dos Vinhos – 15 euros (almoço incluído)

Inscrição nas 3 sessões – 25 euros.

Colaborações: Casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves, Câmara Municipal de Figueiró dos Vinhos, Centro Hospitalar das Caldas da Rainha e RoCaldas.
Telef. 262 831 984

mais informações:
Fax. 262 843 420

e-mail: mjm@ipmuseus.pt mailto:mjm@ipmuseus.pt

fonte: “museum”; IPM

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: